Ciclo circadiano e sua importância para a saúde

Ciclo circadiano e sua importância para a saúde

Novalternativa em 18 de novembro de 2021 |

Novalternativa

Você sabe o que é ciclo circadiano e sua importância em nossa saúde?

Ciclo circadiano (ou ritmo circadiano) é o mecanismo pelo qual nosso organismo se regula entre o dia e a noite. É um período de aproximadamente 24 horas, ou seja, o dia completo. Durante o dia, a luz, e durante a noite, a ausência dela, influenciam o nosso “relógio biológico”, ditando como nosso organismo deve ser conduzido. Ele determina uma série de comportamentos, como nosso horário de sono, o estado de alerta e atividade, sentirmos fome, o momento que acordamos (e também o humor com o qual despertamos pela manhã).

Conforme o dia amanhece, uma série de eventos acontecem em nosso organismo: liberamos cortisol, que nos ajuda a despertar. Durante o dia, a insulina nos auxilia nos processos de uso da glicose que obtemos a partir dos alimentos. Durante a noite, há produção de melatonina que prepara nosso corpo para dormir. Não conseguimos produzir melatonina a noite se de dia não houver luz. E se houver pouca luz, ela é produzida em menor quantidade ou não há produção.

O ciclo circadiano pode nos preparar para situações que podem levar a doenças.  Os distúrbios pelos quais passamos em nossas vidas, sejam eles alimentares, o estresse do dia a dia, a privação de sono, podem acarretar sérios desequilíbrios hormonais. Se prolongado por meses ou mesmo anos, essa “desarmonia” deixa nosso corpo vulnerável a doenças, desde infecções recorrentes (facilidade em ficar gripado, por exemplo) até casos mais graves como doenças cardiovasculares e câncer. A curto prazo exemplos são a dificuldade de concentração, impulsividade, perda de empatia, negatividade, falta de memória, aumento de erros, diminuição da cognição, criatividade e processamento de informações. A longo prazo desenvolvemos o stress físico e mental, necessidade de uso de estimulantes ou calmantes, diminuição da imunidade, desajuste metabólico e diabetes tipo II. Assim temos maior vulnerabilidade a transtornos de humor, ansiedade, paranoia, alucinações, aumento de sintomas de transtorno de personalidade e esquizofrenia.

Subestimamos o poder da luz, ela faz este processo que não é visual e se torna muito mais poderoso que a própria visão. Inclusive, há pessoas cegas que possuem o sistema circadiano intacto. A seguir, alguns exemplos da atuação da luz em nosso dia a dia:

- Comer chocolate durante o dia é diferente de durante a noite. De dia o metabolismo é mais acelerado. De noite, provavelmente se transformará em gordura;

- O feto, na barriga da mãe, sabe do que está acontecendo aqui do lado de fora, pela melatonina que está presente na placenta da mãe. No leite materno a criança sente a melatonina. O leite deve ser coletado, anotando a hora e dar ao bebê no mesmo horário do dia. O leite tem a informação importante para o bebê de tempo, é sua conexão com o meio externo;

- Hormônio do crescimento só é produzindo a partir de 1hora da manhã e se a pessoa estiver dormindo. A renovação celular é feita nesse mesmo horário.

A vida moderna está repleta de estímulos que causam a quebra do ciclo circadiano no nosso corpo. A iluminação artificial dos ambientes, o trabalho em frente aos computadores, o uso intenso de celulares, a luz inadequada dos ambientes de interiores no período de descanso são algumas dessas interferências quase que impossíveis de serem descartadas da rotina principalmente em tempos de quarentena.

Neste cenário, qual o papel do arquiteto e como sua participação na concepção da construção pode contribuir para a saúde das pessoas?

Um projeto com Iluminação Integrativa busca manter o ritmo natural do corpo humano e melhorar a vitalidade e a concentração. Podemos simular e acompanhar as mudanças de luz do dia em aplicações de espaços internos. Ela transforma ambientes promovendo bem-estar, influenciando na fisiologia e nos aspectos emocionais. O que podemos destacar são os ganhos comprovados em conforto e qualidade do ambiente. Desta forma temos a luz certa, no lugar certo, na hora certa, para pessoa certa e para a atividade certa.

A iluminação integrativa é um campo relativamente novo dentro da biologia e dos estudos voltados ao ser humano. Várias descobertas estão sendo feitas e muitas delas dizem respeito ao quanto a luz influencia as diversas fases da vida. Os olhos foram percebidos como um centro de comando do corpo e o principal comunicador junto ao cérebro.

            A arquiteta Gianne de Lima estudou Neuroiluminação e está implantando a Iluminação Integrativa em um breve lançamento da Incorporadora Novalternativa na Serra Gaúcha. Nos acompanhem nas redes sociais e fiquem por dentro desta novidade.

 

Fonte: https://dglab.com.br/blog/ciclo-circadiano/

https://inlucce.com.br/projetos-de-iluminacao-integrativa/

 

Autora: Gianne de Lima

Arquiteta e Urbanista, Designer de Iluminação e Interiores, Graduanda em Neuroarquitetura.